MEC deve anunciar plano de mensalidade para universidades federais

Na quinta-feira da próxima semana (18), o MEC convocará os reitores das universidades federais para uma reunião em que apresentará a Reforma Administrativa que deve ser implementada pelo governo de Jair Bolsonaro.

Segundo informações divulgadas em um evento privado na noite de sexta-feira (12), as instituições públicas deixarão de ser administradas sob o regime jurídico de direito público, fazendo com que seja implementada uma política de cobrança de mensalidade para cursos que são gratuitos.

O secretário de Educação Superior do Ministério da Educação, Arnaldo Barbosa de Lima Júnior, disse ao jornal Valor Econômico que o programa será chamado Future-se e que tem o objetivo de “fortalecer a autonomia financeira das universidades e dos institutos federais”.

Ainda segundo o secretário, o programa será usado como base para a “internacionalização” do Ensino Superior. “Não há cursos gratuitos”, ele afirmou. “Os pagadores de impostos pagam por esses cursos”.

É esperado que instituições como a Universidade Federal do Rio de Janeiro sejam afetadas pela nova medida do MEC.

Fonte: Fábio Campana