Lava Jato recua e suspende criação de fundo

A Força Tarefa da Lava Jato recuou na sua pretensão de criar e gerir um fundo de R$ 2,5 bilhões, resultantes de um acordo entre a Petrobras e acionistas norte-americanos.

Em nota oficial informa que propôs “ao juízo que homologou o acordo a suspensão dos procedimentos para constituição da fundação” que, segundo a força tarefa “daria uma destinação de interesse público para os recursos depositados em conta judicial”, e que está dialogando com a Advocacia Geral da União, com o Tribunal de Contas da União e Petrobrás para “garantir que R$ 2,5 bilhões, frutos do acordo com a Petrobras, sejam usufruídos pela sociedade brasileira”.

Segundo ainda a nota, os valores que pagos aos Estados Unidos pela Petrobras estão depositados em conta judicial vinculada à 13ª Vara Federal de Curitiba, com rendimento pela Selic.

Fonte: Roseli Abrão