Eleições 2020: pesquisa revela Greca na frente e segundo lugar “embaralhado””

Prefeito Rafael Greca sai na frente na pesquisa mais recente da Paraná Pesquisas| Foto: Gazeta do Povo

“O atual prefeito de Curitiba, Rafael Greca (DEM), aparece em primeiro lugar na pesquisa de opinião pública feita pela Paraná Pesquisas sobre as eleições de 2020. Na pesquisa estimulada, ou seja, quando são apresentados nomes de possíveis candidatos às pessoas entrevistadas, Greca aparece com 26,9% das intenções de voto.

Já o segundo lugar fica “embaralhado” entre três nomes: o deputado federal licenciado e atual secretário estadual da Justiça, Família e Trabalho, Ney Leprevost (PSD); o deputado federal e ex-prefeito de Curitiba Gustavo Fruet (PDT); e o deputado estadual Delegado Francischini (PSL). Ney aparece com 11,5% das intenções de voto, colado com Fruet (11,4%). Francischini aparece com 11,2%.

Foram feitas entrevistas pessoais com 1.352 eleitores de Curitiba, durante os dias 11 a 13 de dezembro de 2019. O grau de confiança é de 95% para uma margem estimada de erro de aproximadamente 2,5% para os resultados gerais.

Outros sete nomes foram incluídos na pesquisa. Logo atrás do Delegado Francischini, surge o deputado federal e ex-prefeito de Curitiba Luciano Ducci (PSB), com 7,1% das intenções de voto. Em seguida, está a deputada federal Christiane Yared (PL), com 4,7%; o atual presidente do Partido dos Trabalhadores (PT) em Curitiba, o ex-deputado federal Angelo Vanhoni, com 4,1%; o deputado federal e ex-prefeito de Pinhais Luizão Goulart (Republicanos), com 3,5%; o ex-deputado federal João Arruda (MDB), com 3,0%; a deputada estadual Maria Vitória (PP), com 2,1%; e o representante do Partido Novo, o médico João Guilherme, com 1,2%.

Ainda na pesquisa estimulada, 8,7% não escolheu ninguém – “nenhum nome” – e 4,7% respondeu que “não sabe”.

Na espontânea, 73,7% ainda “não sabe” em quem votar
Na pesquisa espontânea, quando são os próprios entrevistados que citam os nomes dos seus candidatos, Rafael Greca também fica com o primeiro lugar, com 11,4%, mas o número de pessoas que “não sabe” é alto. Entre os entrevistados, 73,7% respondeu que “não sabe” em quem votará na disputa do ano que vem. Além disso, 7,2% antecipou que não votará em “ninguém”.

Além de Greca, também foram citados Gustavo Fruet (2,1%), Ney Leprevost (1,8%), Delegado Francischini (1,3%), Luciano Ducci (0,6%) e Angelo Vanhoni (0,5%). Outros nomes citados correspondem juntos a uma fatia de 1,4%.

Greca vai melhor entre mais escolarizados
O grau de escolaridade chama a atenção entre os eleitores que na pesquisa estimulada optaram por Rafael Greca: a maior fatia (31,3%) tem ensino superior, ante 25,6% de eleitores com ensino médio e 22,4% com ensino fundamental.

Simulação Eleitoral – Prefeitura de Curitiba
Estimulada, em% – Cenário 1″

“Metodologia: Curitiba: 1.352 entrevistados pelo Paraná Pesquisas. Entre os dias 11 a 13 de dezembro de 2019. Confiança: 95%. Margem de erro: 2,5%.”