Depois dos caminhoneiros, Cida mira as pedageiras

Sula Miranda ainda apoia a boleia?

A governadora-candidata Cida Borghetti se apressou a encontrar os irmãos da estrada, em greve, e afirmar, em vídeo, que a luta “era de todos nós”. Foi tão solidária e receptiva que passou a ser chamada de Sula Miranda, a musa dos caminhoneiros.

Agora que o Datafolha mostrou que 69% dos brasileiros consideram que a greve prejudicou o país, o que diz Sula?

Sem falar que o Paraná perdeu R$ 104 milhões em investimentos federais no setor de transportes por causa dos prejus da greve e não se ouviu um “ah” da governadora sobre isso. Nem um dó maior básico.

Cida Borghetti dá prensa nas pedageiras
A governadora Cida Borghetti notificou as seis concessionárias do Anel de Integração para que iniciem os processos de finalização dos contratos, que serão encerrados em 2021. “O Paraná precisa avançar e, desde já, iniciar a elaboração de um novo modelo de concessão para promover a justiça tarifária com mais obras e redução das tarifas “Estamos comunicando antecipadamente para que as concessionárias se preparem e tenham a consciência de que os contratos não serão renovados”, avisou.

A intenção é reduzir o pedágio em 50%. Só falta combinar com o novo governador e com o governo federal.

Fonte: Cicero Cattani