Advogados de Lula podem buscar prisão domiciliar

A condenação de Lula feita pela juíza Gabriela Hardt abriu mais uma rodada de possibilidades no entorno da defesa e do regime a que o ex-presidente está submetido. A possibilidade de que Lula seja transferido para o sistema prisional do Paraná depois dessa segunda condenação criminal levou apreensão no círculo de Lula. A defesa do ex-presidente no entanto, não acredita que a transferência possa ocorrer já que o ex-presidente ainda não teve sentença definitiva em nenhum processo.

A reportagem da jornalista Mônica Bergamo, publicada no jornal Folha de S. Paulo, destaca que os advogados de Lula “lembram ainda que outros ex-mandatários brasileiros jamais foram colocados em prisões comuns”.

E complementa: “a condenação reforçou a certeza de que dificilmente o ex-presidente será libertado nos próximos anos. A esperança agora recai sobre a possibilidade de uma prisão domiciliar.”

Fonte: Brasil 247